Falta de gestão financeira ameaça microempreendedores

Erro comum na categoria MEI é misturar contas do negócio com as pessoais
Apesar de o nome do regime tributário para empresas pequenas ser o Simples, nem sempre é fácil fazer a gestão financeira de um micro empreendimento. Segundo estudo do Sebrae, 48% dos microempreendedores individuais (MEIs, que faturam até 81 mil ao ano) não tem previsão de gastos e receita para o mês seguinte.

Um erro comum cometido por esse grupo, e que pode levar à inadimplência, é misturar as contas da empresa com as finanças pessoais. Não raro, o empreendedor paga despesas e emergência da família com a receita do negócio ou usa seu crédito para cobrir rombos no caixa da empresa.

Como empresário, o MEI acaba não tendo acesso ao crédito e vira freguês do cheque especial, que tem juros proibitivos. Com isso, vai se contorcendo no dia a dia" afirma Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae Nacional.

O primeiro passa para evitar problemas é registrar as entradas e saídas. Um vendedor de cachorro-quente, por exemplo, deve computar na lista de gastos o transporte de sua casa até o local onde instala seu carrinho. "O mais importante é olhar para o seu negócio e ver tudo o que precisa gastar para prestar aquele serviço ou vender determinado produto".

De acordo com a pesquisa do Sebrae, que ouviu mil empreendedores em todo o país, metade dos entrevistados registra os gastos em papel.

Não há problema em usar este método, mas é preciso ter disciplina para organizar tudo, incluindo itens do estoque, como qualidade, preço, data da compra e validade dos produtos. O controle de gastos também deve prever os impostos, pagos mensalmente via carnê DAS, impresso no Portal do Empreendedor.

Este tipo de empreendedor não é obrigado a ter contador. Ainda assim, deve registrar todo mês o valor total das receitas em um formulário simplificado, conforme modelo disponível no Portal do Empreendedor. Também é preciso informar à Receita quanto faturou no ano por meio de declaração anual.

Aprenda como o MEI deve declarar o imposto de renda, no site da Folha: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/09/falta-de-gestao-financeira-ameaca-microempreendedores.shtml

Nehum comentário

Comentar